LENDO A HISTÓRIA – O Brasil perplexo dos Paralamas do Sucesso

Os anos 80 chegavam… fim da ditadura, Diretas Já… o Brasil tentando se reconstruir…. muitas esperanças e uma dura realidade. O Brasil continuava o mesmo, uma dívida externa exorbitante, uma política corrupta e suja e o povo mais uma vez colocado de lado.

No ano de 1989, um dos grandes sucessos das rádios era a música Perplexo dos Paralamas do Sucesso. Eles conseguiram retratar o Brasil com grande fidelidade, o resultado foi um sucesso estrondoso, além de muitos prêmios, para uma banda de jovens que estavam se consagrando.

Vamos ver o clipe, que é uma produção típica dos anos 80, vocês vão rachar os bicos…mas não deixem de prestar atenção na letra!

PERPLEXO

Paralamas do Sucesso

Tentei te entender
Você não soube explicar
Fiz questão de ir lá ver
Não consegui enxergar

Desempregado, despejado, sem ter onde cair morto
Endividado sem ter mais com que pagar
Nesse país, nesse país, nesse país
Que alguém te disse que era nosso
Ah, ah, ah, ah…

Mandaram avisar
Que agora tudo mudou
Eu quis acreditar
Outra mudança chegou

Fim da censura, do dinheiro, muda nome, corta zero
Entra na fila de outra fila pra pagar
Quero entender, quero entender, quero entender
Tudo o que eu posso e o que não posso

Não penso mais no futuro
É tudo imprevisível
Posso morrer de vergonha
Mas eu ainda estou vivo

Segunda-feira, Terça-feira, Quarta-feira
Quinta-feira, Sexta-feira, Sábado de aleluia
Eu vou lutar, eu vou lutar
Eu sou Maguila, não sou Tyson.

Para começar o que significa a palavra perplexo?

O termo remete a um estado de desconfiança que gera uma paralisia. Um misto de espanto com hesitação.

Era assim que os brasileiros viviam no final dos anos 80. O governo Sarney enfrentou uma crise econômica considerável, que aliada a uma política econômica falida levou a várias trocas de moedas, o que gerava desconfiança e desespero com o descontrole inflacionário. Era a época do desespero, compras de supermecado gigantescas, pois os preços mudavam diariamente, levando a uma redução do poder de compra.

 

As várias moedas do período.. Cruzeiro, Cruzado, Cruzado Novo... uma confusão só!

Para tentar conter a inflação e estimular a economia o que Sarney fez? Utilizou-se da receitinha tosca da época, tomou mais empréstimos do FMI. E a dívida externa cada vez maior… fora a imposição cultural e econômica imposta pelos norte-americanos. Por isso Hebert Viana afirma o nacionalismo, necessário naquele momento, remetendo a um ídolo da época, o grande Maguila… que estava no auge, dando porrada para tudo quanto é lado. Seu principal oponente era o comedor de orelhas, o também grande Mike Tyson.

 

Foto histórica do Maguila com Tyson

Esse era o Brasil na virada dos anos 80… as expectativas viraram frustação e a nova república revelava novos desafios… a construção de um país democrático, economicamente viável para atender o povo brasileiro… mas esse sonho ainda estava distante, porque olha a treta que estava por vir:

 

O primeiro presidente eleito por votação direta era nada mais, nada menos que o Fernandinho Collor de Melo... o maior pilantra que o Brasil já teve como presidente... o resto da história todo mundo já sabe...

E viva o feriadão das crianças para os não tão crianças mas que também merecem um descanço!!!!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s